O principal desafio para a equipa de investigação do projeto REMIRUCULA é a necessidade de melhorar o conhecimento sobre os mecanismos subjacentes à resistência ao míldio na interação D. tenuifolia–Hyaloperonospora sp.,  propondo soluções para o controlo desta doença devastadora. Outro aspeto em estudo é a identificação de genótipos resistentes e parcialmente resistentes ao míldio, que atrasam a progressão da doença e são frequentemente fontes de resistência mais duráveis.

A estratégia adotada inclui uma abordagem multidisciplinar e complementar, envolvendo diferentes grupos de investigação, em estreita colaboração com um produtor de hortícolas de grande relevância nacional. 

Responsabilidade: INIAV (Braga e Oeiras)

Objetivo específico da Atividade 1:

(+) 1.1. Constituição de uma coleção de sementes de rúcula selvagem (Diplotaxis tenuifolia) e de isolados de Hyaloperonospora sp.

Responsabilidade: INIAV (Oeiras)

Objetivos específicos da Atividade 2:

(+) 2.1. Desenvolver um protocolo de avaliação da resistência ao míldio na rúcula em ambiente controlado.

(+) 2.2. Fenotipagem da coleção de germoplasma de rúcula quanto à resistência ao míldio.

(+) 2.3. Caracterização ao nível histológico e celular de genótipos de rúcula com diferentes respostas ao míldio.

Responsabilidade: INIAV (Oeiras)

Objetivo específico da Atividade 3:

(+) 3.1. Avaliação em condições de campo num produtor “baby leaf” da resistência ao míldio de genótipos de rúcula previamente selecionados, em condições controladas.

Responsabilidade: UAlg

Objetivos específicos da Atividade 4:

(+) 4.1. Caracterização molecular de genótipos de rúcula selvagem (D. tenuifolia).

(+) 4.2. Caracterização molecular da coleção de isolados de Hyaloperonospora sp.

(+) 4.3. Classificação taxonómica de isolados de Hyaloperonospora sp. colhidos na rúcula.

Responsabilidade: ITQB NOVA

Objetivo específico da Atividade 5:

(+) 5.1. Estabelecimento de perfis metabolómicos de genótipos de rúcula (D. tenuifolia) total e parcialmente resistentes ao míldio.

Responsabilidade: INIAV (Oeiras)

Objetivos específicos da Atividade 6:

(+) 6.1 Desenvolvimento de uma plataforma aberta de divulgação das atividades do projeto, dos principais resultados obtidos e ações de divulgação.

(+) 6.2. Organização de um workshop e um seminário técnico-científico.

(+) 6.3. Coordenação da transferência do conhecimento científico e da constituição de um banco de dados curado e de uma possível patente.

(+) 6.4. Implementação das atividades de divulgação junto do público alvo – agricultores, indústria, decisores políticos – e do público em geral.


Imprimir